Webmail

Notícias

Notícias

Notícias

Segurança do Trabalho

Segurança do Trabalho

Fale Conosco

Inscrições

Trabalhe Conosco

Trabalhe Conosco

Área Restrita

Área Restrita

Newsletter

Receba novidades, preenchendo seus dados nos campos abaixo:

Previsão do Tempo

Autorizada licitação do asfalto entre São Mateus do Sul e Irati

SETCAMAR A FORÇA DO TRANSPORTADOR

Superintendente Zanoni Luiz Favero
Thais Caroline S Ramos

O governador Beto Richa autorizou na sexta-feira (23) a licitação das obras de pavimentação de 47,7 quilômetros da PR-364, entre São Mateus do Sul e Irati, passando pelo município de Rebouças. A estrada, atualmente de terra, liga o Sul e Centro-Sul do Paraná. A obra é esperada há mais de 50 anos pela população e vai beneficiar diretamente cerca de 120 mil habitantes das três cidades. A estrada reduzirá em mais da metade a distância por estradas asfaltadas entre estas duas cidades.

Richa anunciou a realização da obra em eventos em encontros com prefeitos, lideranças e comunidade, realizados em Irati e em São Mateus do Sul. “Vamos fazer essa pavimentação tão esperada, que vai trazer segurança, conforto e comodidade para a população e desenvolvimento para toda a região”, disse Richa, nem Irati. A estrada pavimentada facilitará a vida dos produtores, com um transporte adequado e uma comercialização ainda mais forte”, afirmou, em São Mateus do Sul.

Ele destacou que para chegar nesta etapa foi necessário vencer muitos obstáculos burocráticos e políticos. Richa lembrou que no início do mandato determinou ao DER-PR a contratação do projeto da pavimentação do trecho, que custou R$ 1,7 milhão. Após esta fase, em virtude de problemas com o Governo Federal, o Estado precisou aguardar a liberação de recursos. O dinheiro só foi assegurado no final de dezembro de 2017, quando foi assinado o contrato com o BID, que totaliza R$ 1,4 bilhão em investimentos em infraestrutura no Estado. Metade do valor é do próprio governo.

O investimento na PR-364 é de R$ 139,8 milhões e será realizado dentro do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, que recebe financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O governador disse que o Estado aguarda para o próximo mês a homologação do projeto pelo BID e que as obras podem começar no segundo semestre.

“Hoje o Paraná é um grande canteiro de obras. Para este ano a previsão é aplicar R$ 8,4 bilhões em recursos públicos, o maior volume da história do Estado”, disse o governador. “Estamos colhendo frutos das medidas que tomamos para equilibrar as contas do Estado e aumentar a capacidade de investimentos”, afirmou.

O secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, disse que a expectativa é que a conclusão se dê em meados de 2020. “A obra de infraestrutura transforma a região. Os trabalhos já movimentarão a economia dos municípios, com a geração de novos empregos, aumento do consumo local e de arrecadação de tributos. Após a conclusão das obras, a região fica mais atrativa para investimentos”, disse o secretário.

Conquista

Os prefeitos de Irati, Jorge Derbli Pinto, e de São Mateus do Sul, Luis Adyr, enfatizaram que a pavimentação da estrada é uma conquista histórica para a região. “O benefício é imenso. São quase 50 quilômetros, em uma área essencialmente agrícola, com alta produção de grãos. Teremos um novo corredor ligando Santa Catarina e o Rio Grande do Sul à BR 153 que corta o Brasil”, disse Jorge Derbli.

Luis Adyr também mencionou o ajuste fiscal feito pelo Governo do Estado. “Hoje o Estado tem condições de conseguir financiamento internacional para realizar esse projeto tão importante, que vai melhorar a vida das pessoas. O intercâmbio entre as duas cidades, que contribuem muito para o Estado, vai melhorar para os agricultores da região”, disse.

A obra, que deve durar dois anos, inclui pavimentação e contorno com trincheira. “Ela se soma a outros projetos apoiados pelo governo estadual no município, como a construção do centro de eventos, pavimentações de via, compra de veículos para a área de saúde”, afirmou.

Traçado mantido

O traçado da estrada será mantido, com variante só nos 1,2 mil metros finais do trecho, na chegada de Irati, para desviar o bairro Riozinho. Retirar o trânsito de perto das casas dará segurança aos moradores.

A pavimentação começa no entroncamento da PR-151 em São Mateus do Sul, próximo à BR-476, e vai se estender até o perímetro urbano de Irati. Também está prevista a construção de uma nova ponte sobre o Rio Turvo, com 14 metros de extensão, acostamento e calçada na área urbana de São Mateus do Sul. Será implantada ciclofaixa no trecho inicial da PR-364, em São Mateus do Sul, com aproximadamente 3 km de extensão.

Em Irati, uma interseção em desnível fará a ligação da PR-364 e BR-153, que fica próximo ao trecho conhecido como “curva da morte”, onde há grande movimento de veículos e pedestres.

Fonte e Fotos: AE

 

Associados