Webmail

Notícias

Notícias

Notícias

Segurança do Trabalho

Segurança do Trabalho

Fale Conosco

Inscrições

Trabalhe Conosco

Trabalhe Conosco

Área Restrita

Área Restrita

Newsletter

Receba novidades, preenchendo seus dados nos campos abaixo:

Previsão do Tempo

Aumento do pedágio gera impacto em toda cadeia

SETCAMAR A FORÇA DO TRANSPORTADO

Superintendente Zanoni Luiz Favero
Thais Caroline S Ramos

As notícias deste final de novembro que abordam a homologação pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) autorizando o aumento das tarifas de pedágio no Anel de Integração paranaense causam desconforto para diferentes setores, incluindo o de  transporte de cargas.   

Neste sentido, a FETRANSPAR, que representa mais de 21 mil empresas transportadoras de todo o Paraná,  destaca que o aumento das tarifas, que embora previsto em contrato, é um peso a mais para  empresários que já arcam com diversos outros compromissos que pesam para essas organizações.

Perante a situação que justifique esse aumento a FETRANSPAR reitera o pedido para que investimentos em obras de infraestrutura rodoviária sejam realizados, como a duplicação de todo o Anel de Integração, que as tarifas estejam dentro de uma realidade plausível, onde as empresas possam cumprir seus contratos, mas que a sociedade também não seja penalizada por aumentos anuais impactantes.

“O Anel de Integração é importante para o desenvolvimento do Estado do Paraná, porém é necessário pensar em contratos dentro de uma realidade econômica financeira que não foquem somente as prioridades das concessionárias, mas também do setor privado como um todo e do cidadão que utiliza as rodovias diariamente”, frisa Sérgio Malucelli, presidente da Fetranspar.

 

G1 - Valor do pedágio no Paraná sobe de 2,75% a 7,92%, anuncia governo estadual

 29 de novembro, 2017

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) homologou, nesta terça-feira (28), o aumento nas tarifas de pedágio no estado a partir de 1º de dezembro.

O reajuste varia de 2,75% a 3,89% (veja a tabela mais abaixo, conforme a concessionária), mas é somado a revisões tarifárias em razão de obras não previstas em contrato, como viadutos e duplicações, chegando até a 7,92% no total.

O maior aumento é nos pedágios administrados pela Viapar, cuja concessão predomina em estradas que dão acesso ao norte e noroeste do estado.

Veja os reajustes:

Rodonorte - 3,24%
Ecovia – 3,83%
Ecocataratas – 2,75%
Viapar – 7,92%
Caminhos do Paraná – 4,33%
Econorte – 5,09%

Confira os novos preços do pedágio no Paraná

Município                    Carro (R$)   Moto (R$)

Jacarezinho                  0,30                10,20
Jataizinho                     22,00               11,00
Sertaneja                      18,90                9,50
Arapongas                      8,90                4,50
Mandaguari                     8,90                4,50
Pres. Castelo Branco    12,10                6,10
Floresta                         13,40                6,70
Campo Mourão             13,40                6,70
Corbélia                         13,40               6,70
São Miguel do Iguaçu    15,30               7,70
Céu Azul                        11,70                5,90
Cascavel                        12,50                6,30
Laranjeiras do Sul          12,50                6,30
Candói                            12,50               6,30
Prudentópolis/Relógio    12,80               6,40
Irati                                  11,10               5,60
Porto Amazonas             12,80               6,40
Imbituva                          11,10               5,60
Lapa                                12,80              6,40
Balsa Nova                       8,10              4,10
Palmeira                          11,60              5,80
Carambeí                          9,70              4,90
Jaguariaíva                       7,40              3,70
Tibagi                              10,90              5,50
Imbaú                              10,90              5,50
Ortigueira                        10,90              5,50
São José dos Pinhais     19,40              9,70

Fonte: DER

Fonte: G1 Foto: Arquivo AEN

 

Associados